O que é e para que serve a integração de sistemas

Que todo mundo está conectado o tempo todo, isso todos sabem. Mas o que às vezes a gente esquece é que ter informações disponíveis instantaneamente garante que as empresas tomem decisões com mais assertividade. E é aí que entra a principal função da integração de sistemas

Essa ferramenta se tornou essencial para otimizar processos, centralizar dados e facilitar o alinhamento entre os funcionários de uma empresa, e assim, criar um fluxo de trabalho mais simples e eficaz.

Vantagens de uma integração de sistemas

A primeira e talvez principal vantagem dessa ferramenta, é que ela garante que os diferentes setores da empresa possam conversar entre si e trocar dados relevantes. Isso faz com que toda a organização ganhe produtividade e evite conflitos gerados por falta de informações.

Outro ponto que interessa as empresas é a redução de custos. Os gestores de TI podem investir na integração de sistemas com o intuito de criar fluxos de trabalho mais automatizados e, assim, eliminar mão de obra e/ou gastos desnecessários. Fora isso, eles também evitam que trabalhos precisem ser refeitos.

Por fim, uma gestão inteligente do estoque também pode ser feita com o uso de um sistema de integração adequado. Por meio dele, é possível controlar o estoque e evitar a falta ou excesso de produtos parados. Ou seja, isso também ajudará a diminuir gastos desnecessários e ajudará a empresa a entender como investir melhor o seu capital.

Por meio desses sistemas, os gestores acompanham dados que apontam metas e projeções de vendas. Dessa forma, fica mais fácil prever o tempo e o retorno do capital investido, mantendo apenas um estoque suficiente para atender às necessidades da empresa e do consumidor.

https://portalerp.com/images/2019/03/25/machine-learning-artigo-portal-erpjpg.jpeg

Assine a nossa newsletter e fique por dentro de tudo o que acontece na Remay!

    Como escolher o melhor sistema de integração?

    A área de tecnologia da informação (T.I) é a principal responsável por auxiliar nessa escolha. Afinal, adquirir um sistema errado pode gerar prejuízos financeiros e dores de cabeça desnecessárias para a empresa.

    A situação mais comum é que as organizações primeiro optem por um sistema mais generalista e depois adquirem sistemas mais específicos, focados em apenas uma das áreas do negócio, como exemplo, uma ferramenta destinada a equipe de vendas.

    Além disso, também é preciso entender qual o interesse da empresa, já que existem sistemas que apenas enviam informações e outros que apenas recebem.

    Conte com a ajuda da Remay para descobrir qual o melhor tipo de sistema para o seu negócio, já que oferecemos soluções em:

    • Sistemas de Contabilidade e Finanças;
    • Mapas;
    • Câmbio monetário;
    • Soluções Microsoft;
    • Gateways de pagamento.

    É só deixar seu nome e contato no formulário abaixo que falaremos com você. Saiba mais em nossa página.

    FAÇA O TESTE GRATUITO

      Deixe uma resposta